Parece cena de novela, mas a historia é real. Alex Rodrigo Ferreirade 22 anos é suspeito de envolvimento na morte de Nohaine Matias de Almeida.

Após de alguma forma Alex ter ocasionado a morte de Nohaine o mesmo teria colocado o corpo da vítima dentro de um carro para simular um acidente automobilístico, Apesar dele alegar que foi um acidente automobilístico, consta na decisão que ele matou a mulher com um golpe na cabeça.

O crime aconteceu na noite de 13 de janeiro deste ano, em Castelo de Sonhos, distrito de Altamira, e a Justiça decretou esta semana a prisão preventiva do suspeito.

Na noite do acidente Alex conduzia um veículo gol e transitava pela BR 163 sentindo a saída de Castelo de Sonhos, quando por volta das 00:00 horas próximo ao posto mimoso  o mesmo teria simulado um acidente para justificar a morte de Nohaine.

A Polícia Civil de Castelo de Sonhos em ação conjunta com a Polícia Civil  de Mato Grosso cumpriu o mandato de prisão preventiva de Alex Rodrigo Ferreira na cidade Mato grossense de Nova Mutum.

O suspeito, de 22 anos, foi preso, esta tarde, na residência onde estava morando na região central da cidade. No local foi encontrado um simulacro de pistola (arma falsa).

De acordo com a delegada Alessandra Marquez Alecrim, os investigadores chegaram até o acusado após receber da Polícia Civil do Pará, o mandado de prisão. “Ele teria matado a esposa na cidade de Novo Progresso. Apesar dele alegar que foi um acidente automobilístico, consta na decisão que ele matou a mulher com um golpe na cabeça. Depois, fugiu para Mutum com a filha deles, de 2 anos. Aqui ele estava maltratando a criança, tanto que o conselho tutelar retirou a guarda dela, que se encontra abrigada na casa onde ficam as crianças que são retiradas dos pais. Na decisão consta que ele simulou um acidente de trânsito, muito mal simulado, que na mesmo hora já conseguiram identificar que não poderia ter matado a vítima, por causa disso, foi representada pela prisão dele, decretada pela justiça de lá (Pará)”.

Ainda segundo a delegada o preso é bastante perigoso. “Ele tem uma vasta ficha criminal e demonstra ser bastante violento, inclusive na casa onde foi feita a prisão foi encontrado um simulacro de pistola”.

O acusado vai ser entregue na delegacia municipal, será apresentado na audiência de custódia, se não for liberado vai ser encaminhado para cadeia do município, onde vai ficar à disposição da justiça do Pará. Ainda segundo a delegada ele vai responder pelo crime de homicídio qualificado e pode pegar de 12 a 30 anos de cadeia.

Redação Castelo Online

Veiculo usado por Alex

 

Comentários do Facebook
Anúncio